Açores Portugal

3º dia em São Miguel – Roteiro

Depois do dia anterior ter chovido imenso, o 3º dia em São Miguel acordou com um sol brilhante. Acordámos cedinho e fomos logo desbravar esta ilha. Decidimos explorar toda a zona das Furnas e foi espectacular. O vulcanismo marcou a terra com paisagens admiráveis, espalhando nascentes de água e caldeiras um pouco por toda a parte. Mas, sem mais demoras, vamos contar-vos como foi o nosso 3º dia em São Miguel.

Roteiro do 3º dia em São Miguel

Saímos do nosso apartamento bem cedinho e só parámos o carro no Miradouro Pico de Ferro. Este miradouro tem uma vista privilegiada sobre a cratera vulcânica do Vale das Furnas, na qual se destaca a lagoa, à direita.

Não sei se já repararam, mas deve haver tantos miradouros em São Miguel, quanto vacas a pastar no prado. 😂 Há mesmo imensos miradouros espalhados pela ilha, com vistas absolutamente incríveis. Nem conseguimos dizer qual o mais bonito, pois a verdade é que estão todos muito arranjadinhos!

Acabadinhos de sair de casa, limpinhos e cheirosos, demos por nós logo a cheirar a enxofre! A paragem seguinte foi na Caldeira das Furnas, onde as caldeiras e piscinas térmicas são a principal atracção. É na água em ebulição que sai do chão que, no Verão, se cozinham as famosas maçarocas. É o poder da Mãe Natureza a manifestar-se com todo o seu vigor.

As caldeiras encontram-se ao ar livre e a entrada é gratuita. Por altura do Natal, toda esta zona é transformada em presépio, constituindo um regalo para os locais e visitantes.

Existe ainda uma loja de lembranças em frente, onde é possível provar alguns licores açorianos.

Veja aqui todas as dicas úteis para visitar São Miguel

Fizemos depois uma paragem estratégica para… comer, claro! Queríamos provar o tão afamado bolo lêvedo, que é um pão redondo e achatado, com um sabor doce mas leve, que tanto se come simples como se usa para fazer sanduíches e hambúrgueres. Disseram-nos que os bolos lêvedos da Glória Moniz são os mais genuínos, fofos e tradicionais. Provámos e aprovámos!

Continuámos o nosso roteiro até ao Jardim da Alameda. Este jardim é muito bonito e tem um aquário com peixes enormes. A outra particularidade é que tem uma poça de águas férreas, a escaldar! Na “Poça da Tia Silvina” ou o chamado “Lava pés” é possível molhar os pés e ter a sensação das águas vulcânicas. O João tentou molhar lá os pés e não aguentou mais que um minuto, devido à temperatura elevada da água.

Faça aqui o seu Seguro de Viagem e usufrua de 5% de desconto

Ali perto, mesmo à beira da estrada, encontramos a Casa Invertida. Na verdade, não é bem uma casa, mas sim um posto de transformação da EDA (Empresa de Eletricidade dos Açores). Esta foi feita mesmo assim de raiz, sendo alusivo à constante mobilidade da ilha por causa do vulcanismo. Mas rapidamente se tornou numa atracção turística.

De seguida, fomos até um dos cartões postais de São Miguel: a Lagoa das Furnas. A Lagoa das Furnas é enorme e está localizada numa antiga cratera do Vulcão das Furnas. Dona de uma paisagem soberba, encanta os turistas tanto pela beleza quanto pela paz de espírito que transmite. Em frente à lagoa há bancos, onde pode sentar-se simplesmente a desfrutar da harmonia do local!

Na margem da Lagoa das Furnas podemos encontrar as famosas Caldeiras ou Fumarolas, com temperaturas que vão dos 64°C aos 96°C. Aqui o cheiro a enxofre é também muito intenso, pelo que para os mais sensíveis pode ser motivo de enjoos.

Neste terreno vulcânico existem vários buracos no chão, onde são preparados os famosos Cozidos das Furnas (e também outros pratos). Alguns estão destinados aos restaurantes locais (têm placa a identificar) e outros aos habitantes. Os cozidos demoram cerca de seis horas a serem preparados, sendo que é possível ver a sua retirada entre as 11h e as 12h30. Temos um vídeo nos destaques do nosso instagram, onde podem ver todo o processo.

Os residentes dos Açores têm entrada livre para toda a zona da lagoa, sendo que aos restantes são cobrados 3€ por pessoa, excepto a crianças com menos de 12 anos.

Veja todos os locais por onde passámos no nosso instagram

Por volta das 11h30 vimos os cozidos a serem retirados e decidimos visitar o Parque Grená, que se localiza no mesmo recinto. O Parque Grená estende-se por 18 hectares de uma natureza inexplicável. É uma extensa área de vegetação densa com várias espécies de flora, onde, obviamente, a cor verde é dominante.

Para este artigo não ficar demasiado extenso, fizemos um post apenas sobre o Parque Grená. Podem ler tudo aqui.

O Parque Grená tem tanto de fascinante como de grande, pelo que saímos de lá já perto das 14h. Aconselhamos a visitá-lo com mais tempo, de forma a usufruir de forma plena esta comunhão com a natureza.

Naturalmente já estávamos com fome, e sem mais demoras fomos até ao Restaurante Tony’s, que tínhamos reservado previamente. Este é um dos clássicos para quem quer provar o Cozido das Furnas. Há outros pratos claro, mas a estrela do menu é mesmo o cozido. O seu singular e inconfundível paladar faz dele um prato mundialmente conhecido, que atrai milhares de turistas.

O cozido é uma mistura de carnes (porco, frango e vaca) com enchidos e legumes. Embora nos tivessem dito que iria saber muito a enxofre, não achámos nada e gostámos muito.

Onde alugar carro em São Miguel

Da parte da tarde deste 3º dia em São Miguel fomos conhecer o famoso Parque Terra Nostra. O parque bicentenário é enorme e, encontram-se, ao longo dos vários percursos possíveis, flora endémica dos Açores. Além disso, encontramos também inúmeras plantas nativas de países com climas completamente distintos do existente nas Furnas.

Para facilitar a visita, o site disponibiliza vários roteiros, consoante a estação do ano. Honestamente nós fomos andando, sem destino, perdendo-nos por entre as camélias, lagos e peixinhos.

Além de ter um jardim super bonito e bem cuidado, o Parque Terra Nostra é também muito conhecido pelas suas piscinas de água quente. A nascente de água termal que alimenta as piscinas, a uma temperatura entre os 35 e 40ºC proporciona uma sensação de relaxamento indescritível.
Mais recentemente foi adicionado um espaço de jacuzi, com a criação de mais duas zonas de relaxamento.

No local também se encontra um hotel, o Terra Nostra Garden Hotel, oferecendo charme e conforto no meio da natureza.

Veja aqui todas as dicas úteis para visitar São Miguel

O parque está aberto das 10h30 às 16h30. A entrada para adultos custa 8€, sendo que as crianças dos 3 aos 10 anos pagam 4€ e até aos 2 anos a entrada é gratuita.

Este parque é tão agradável que podemos frequentar em qualquer altura do ano e é, sem dúvida, um ponto obrigatório no roteiro turístico dos Açores.

A tarde já ia longa e o sol já estava a pôr-se, ainda assim decidimos ir espreitar a Cascata da Ribeira Quente. A cascata situa-se na estrada que liga as Furnas a Ribeira Quente. Ao fazer essa estrada vai passar por dois túneis seguidos e a cascata localiza-se, exactamente, entre esses dois túneis. É possível chegar lá, através de um pequeno trilho.

Estávamos já no caminho de regresso a casa, mas decidimos à última da hora visitar a Capela de Nossa Senhora das Vitórias, também conhecida como a “Ermida Cor-de-Rosa”. A capela é um impressionante exemplar do estilo neo-gótico e é única em todo o arquipélago.

Apesar de já ser praticamente de noite, deu para ver o quão bonita ela é!

Faça aqui o seu Seguro de Viagem e usufrua de 5% de desconto

O local eleito para o jantar, neste 3º dia em São Miguel, foi na Taberna Açor. Aqui, as refeições são feitas à base de petiscos e tábuas com produtos regionais. Lá comemos umas lapas grelhadas de salivar! Confessamos que não provámos muitas tapas, pois já não sabíamos onde enfiar tanta comida. 😂 No entanto, tudo o que provámos gostámos muito.

Roteiro do 3º dia em São Miguel

  • Miradouro Pico de Ferro
  • Caldeira das Furnas
  • Glória Moniz
  • Jardim da Alameda
  • Casa Invertida
  • Lagoa das Furnas
  • Fumarolas
  • Parque Grená
  • Parque Terra Nostra
  • Cascata da Ribeira Quente
  • Capela de Nossa Senhora das Vitórias

Espreite aqui o roteiro do , do , do e do 5º dia em São Miguel

Prepare a sua viagem

   Para encontrar as melhores promoções e reservar o seu alojamento recomendamos o Booking ou pelo Airbnb (com 30€ de desconto). Reserve e cancele sempre que necessário.

   Faça o seu seguro de viagem e tenha um desconto de 5% com a IATI Seguros. Nós nunca viajamos sem seguro.

    Obtenha aqui o seu visto de forma rápida e cómoda.

    Poupe centenas de euros em taxas bancárias usando um cartão Revolut.

    Se precisar de transporte próprio, alugue um carro na Europcar, com preços bastante competitivos.

  Procure as melhores excursões e compre os seus bilhetes para as melhores atrações na Civitatis.  Algumas são gratuitas.

    Teve algum voo atrasado ou cancelado? A Airhelp vai ajudá-lo a receber a sua compensação.

   Compre na Amazon o seu equipamento fotográfico, acessórios de fotografia e gadgets. No Aliexpress encontra a melhor roupa e acessórios para viagens.

Não paga mais se reservar por estes links e ainda está a ajudar o Viver o Mundo. Obrigada 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *