Açores Portugal

Visitar o Parque Grená, em São Miguel

Sabem aqueles locais que, se fecharmos os olhos, levam-nos de imediato para outro cenário, outras memórias? Pois bem, o Parque Grená é mesmo esse sítio! Recuámos alguns (muitos!) anos até à inocência da infância. Por minutos, voltámos a acreditar em bosques encantados, onde habitam fadas nos seus esconderijos!
Totalmente imerso na natureza, visitar o Parque Grená é esquecer o Mundo lá fora, e mergulhar nos mais variados tons de verde!

Veja aqui o nosso roteiro completo de cinco dias em São Miguel

Como chegar ao Parque Grená

O Parque Grená localiza-se na ilha de São Miguel, nos Açores. Mais precisamente nas Furnas, mesmo junto às Caldeiras da Lagoa das Furnas, onde se encontram os famosos cozidos. Para entrar nesta zona terá de pagar 3€.  No entanto, se residir nos Açores está isento do pagamento. O estacionamento é gratuito.

Veja aqui todas as nossas sugestões para viajar em Portugal

História do Parque Grená

A história da propriedade Grená remonta ao ano de 1858. Vines, cônsul inglês de Ponta Delgada, construiu uma casa de verão na propriedade e a chama de Grená em homenagem à sua esposa, que passou os verões de infância na Irlanda, numa casa de família com esse nome.

Após a morte do cônsul, a propriedade teve vários proprietários até ser adquirida pelo governo português, em 1987. O objectivo principal era alojar ali altas figuras do Estado quando estivessem de visita a São Miguel. No entanto, toda a propriedade acabou por ficar ao abandono, em especial a degradação do imóvel.

Veja aqui todas as dicas úteis para visitar São Miguel

Em 2015, depois de muita burocracia interna, o governo português transfere a propriedade de Grená para a Região Autónoma dos Açores.

O governo açoriano decide, em 2018, vender a propriedade de Grená. Feliz Terra compra então o local e inicia o seu trabalho de limpeza. (Re)nasce assim o Parque Grená!

Sabia que…

Foram retiradas mais de 3 toneladas de lixo do local?  É isso mesmo, 3 toneladas. 😮 Depois, foram então construídas infraestruturas para receber os amantes da natureza e devolver ao parque toda a sua beleza.

Como é visitar o Parque Grená

O Parque Grená estende-se por 18 hectares de uma natureza inexplicável. É uma extensa área de vegetação densa com várias espécies de flora, onde, obviamente, a cor verde é dominante.

Além disso, há também várias cascatas para ver ao longo do percurso e muitos recantos para explorar, com árvores centenárias, pontes de madeira e caminhos coloridos.

O trilho conta com cerca de 5km, pelo que recomendamos reservar cerca de três horas para o visitar. É um espaço que necessita de tempo para ser explorado e vivenciado. Até porque, acredite, apetece fotografar tudo até ao mais ínfimo pormenor.

Os pontos principais do parque são:

  • Casa Grená
  • Vale da Grená
  • Avenida dos Plátanos
  • Árvore dos Morcegos
  • Vale das Bromélias
  • Miradouro do Poço do Salto da Inglesa
  • Vale das Cascatas

A nossa sugestão é simples: percorra os trilhos, repouse nos bancos de madeira e contemple a natureza envolvente! Simples, assim!

No Parque Grená, à entrada, poderá ainda alugar bicicleta, caiaque ou redes de descanso. Ah, e alguns dos espaços do parque podem ser reservados para casamentos ou eventos similares.

Informações úteis

O Parque Grená está aberto todos os dias das 09h30 às 18h00, com excepção nos meses de Outubro a Março que encerra às 17h00.

Faça aqui o seu Seguro de Viagem e usufrua de 5% de desconto

A entrada no parque tem um custo de 10€ por visitante. Caso seja açoriano, o bilhete é válido até 5 entradas no parque. As crianças até aos 10 anos, têm acesso gratuito. No entanto, não deixe de espreitar aqui a informação actualizada.

Saiba ainda que o seu animal de estimação também é bem-vindo, sendo obrigatório o uso de trela.

Cuidados e dicas

O Parque Grená é um espaço cuidado e em plena natureza. Como tal, respeite as zonas de segurança, passagens e todo o meio envolvente. E, obviamente, “deixe apenas pegadas”.



Booking.com

É recomendável:

  • Usar roupa e calçado confortáveis
  • Levar água e comida
  • Máquina fotográfica

É muito fácil apaixonar-se por este tesouro natural! Relaxe e aproveite a natureza no seu estado mais puro. E depois diga-nos se ao visitar o Parque Grená, não se sente mesmo dentro de um conto de fadas e duendes.

O Viver o Mundo visitou o Parque Grená, a convite do mesmo. O artigo transmite apenas a opinião pessoal dos autores.

Prepare a sua viagem

   Para encontrar as melhores promoções e reservar o seu alojamento recomendamos o Booking ou pelo Airbnb (com 30€ de desconto). Reserve e cancele sempre que necessário.

   Faça o seu seguro de viagem e tenha um desconto de 5% com a IATI Seguros. Nós nunca viajamos sem seguro.

    Obtenha aqui o seu visto de forma rápida e cómoda.

    Poupe centenas de euros em taxas bancárias usando um cartão Revolut.

    Se precisar de transporte próprio, alugue um carro na Europcar, com preços bastante competitivos.

  Procure as melhores excursões e compre os seus bilhetes para as melhores atrações na Civitatis.  Algumas são gratuitas.

    Teve algum voo atrasado ou cancelado? A Airhelp vai ajudá-lo a receber a sua compensação.

   Compre na Amazon o seu equipamento fotográfico, acessórios de fotografia e gadgets. No Aliexpress encontra a melhor roupa e acessórios para viagens.

Não paga mais se reservar por estes links e ainda está a ajudar o Viver o Mundo. Obrigada 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *