Bélgica

Roteiro: 1º dia em Bruxelas

Já a tarde ia a meio quando começámos a explorar Bruxelas. Pousámos a mala no Hotel Mozart e logo começámos a desbravar a cidade!
O nosso hotel localizava-se a dois minutos a pé da Grand Place, e foi por aí mesmo que começámos o roteiro do nosso 1º dia em Bruxelas.



Booking.com

A Grand Place é uma das praças mais bonitas e notáveis da Europa e reúne turistas de toda a parte do Mundo. Considerada o coração da cidade, é bastante movimentada e todos querem ver este lugar único. Quando chegámos à praça nem sabíamos para onde olhar. Os olhos ficaram arregalados e um grande “Uau” saiu das nossas bocas em uníssono.

Mas afinal o que a torna tão especial? A Grand Place é uma praça enorme rodeada por prédios magníficos do início do século XVII. É este impressionante conjunto arquitectónico que faz a máquina disparar vezes sem conta. Infelizmente os prédios não são os originais, devido ao ataque dos franceses em 1695, que destruiu praticamente todos os prédios da praça. Ainda assim são harmoniosos uns com os outros e promovem uma bela competição entre si, para ver qual o mais bonito e mais decorado.

A praça apresenta quase 40 prédios e os seus detalhes esculturais apresentam diferentes estilos arquitectónicos, que passam pelo gótico, barroco e renascentista. Toda a praça, incluindo os edifícios, integra a lista de Património Mundial da UNESCO desde 1998.

Dos edifícios mais belos destaca-se a Câmara Municipal (Hotel de Ville), a Casa do Rei (Maison du Roi), a Casa dos Duques de Brabant, o Piegon (residência de Victor Hugo) e a Casa da Guilda (Le Renard, uma espécie de sindicato).

Veja aqui como ir do aeroporto de Zaventem, em Bruxelas, para o centro
Câmara Municipal (Hotel de Ville)

Apesar de serem todos soberbos, nenhum se compara à Câmara Municipal, que domina a praça. É considerada uma obra-prima da arquitectura gótica e um dos mais belos edifícios da Bélgica. Não só por causa das numerosas esculturas e estátuas que adornam a fachada, mas também por causa da beleza da sua torre. A torre possui 96 metros de altura e pode ser vista de vários pontos da cidade. No topo, encontra-se ainda uma estátua de 3 metros do Arcanjo Miguel, padroeiro da cidade, que luta com um dragão.

Casa do Rei (Maison du Roi)

Durante muitos anos foi o lugar de residência dos monarcas reinantes. Actualmente abriga o Museu da Cidade (Musée de la Ville), no qual são expostas pinturas do século XVI, alguns tapetes e pequenas roupas que fazem parte do guarda-roupa do Manneken Pis. A fachada é adornada com diversas torres e esculturas detalhadas.

Casa dos Duques de Brabant

Inclui sete prédios que estão por trás de uma só fachada. Apresenta um estilo clássico e flamenco e é decorada com 19 bustos dos Duques de Brabante daí a origem do seu nome.

Entre tantos outros edifícios, o melhor é mesmo ver com os seus próprios olhos. Acredite, não se irá arrepender! Ah, e se tiver oportunidade não deixe de visitá-la tanto de dia como de noite.

Ainda na Grand Place, podemos encontrar uma escultura em bronze do herói Everard’t Serclaes. Esta situa-se na parte lateral do prédio Hubert de Ville e é fácil encontrar. Everard’t Serclaes foi um patriota que libertou a cidade do Conde de Flandres no século XIV.
Existe uma lenda popular que diz que quem tocar no braço da estátua garante um retorno a Bruxelas. Verdade ou não, não custa tentar. O tempo o dirá 😉

Muito perto da Grand Place ainda, localiza-se o Hard Rock Cafe Brussels. Como é hábito visitar todos pelos locais onde passo, este também não podia falhar! A bonita decoração e boa música a que nos habituaram não desiludiram.

Seguimos então até uma das estátuas mais conhecidas da cidade, a Jeanneke Pis. Esta é a versão feminina da estátua do Manneken-Pis (que visitei no dia seguinte). A estátua de bronze de meio metro de altura foi finalizada em 1987 e representa uma menina agachada a urinar. Esta fica um pouco escondida, no final de uma rua sem saída bem estreita (Rue des Bouchers, entre os números 10 e 12).

Faça aqui o seu Seguro de Viagem e obtenha 5% de desconto

É nesta rua que se situa o bar mais famoso de Bruxelas, o Delirium Cafe. Com uma decoração excêntrica, o Delirium Cafe é uma cervejaria que se converteu num ponto de encontro para os amantes da cerveja. Tanto os turistas como os locais juntam-se neste bar animado para degustar um catálogo com mais de 3000 marcas de cervejas internacionais. O bar detém o recorde mundial pelo Guinness Book de maior selecção de cervejas no mundo. Vale a pena entrar e beber uma (ou duas) cervejas – difícil é escolher!

A última paragem deste 1º dia em Bruxelas foi nas Galeries Royales Saint-Hubert. As galerias foram criadas em 1847, sendo as primeiras galerias comerciais da Europa e, ainda hoje, continuam a ser as mais elegantes.

O local é belíssimo com um tecto de vidro arcado, que deixa a luz do sol penetrar e proporcionar uma iluminação natural durante o dia, mas não a chuva. São cerca de 200 metros repletos de joelharias, lojas de chocolate, lojas exclusivas de moda, restaurantes e cafetarias de qualidade e ainda um pequeno teatro e um cinema.

É aqui que podemos encontrar as famosas lojas de chocolates belgas como Leonidas, Godiva e Neuhaus. As vitrinas estão decoradas de forma luxuosa e os preços aqui são pouco convidativos. Vale a pena visitar, essencialmente pela arquitectura do local, que é magnífica!

Faça aqui o seu Seguro de Viagem e obtenha 5% de desconto

Convém relembrar que passeando pelas ruas podemos ver os vários murais de banda desenhada. Veja este post sobre Banda Desenhada em Bruxelas para saber do que falo.

A noite já ia longa e decidimos ir descansar para o hotel. Assim, era uma óptima forma de aproveitar melhor o dia seguinte. O 1º dia em Bruxelas correu super bem e começara a ficar rendida a esta cidade tão subestimada por muitos.

Veja aqui algumas dicas úteis para viajar para Bruxelas

Resumo do dia:

  • Grand Place
  • Everard’t Serclaes
  • Hard Rock Cafe Brussels
  • Jeanneke Pis
  • Delirium Cafe
  • Galeries Royales Saint-Hubert

Consulte aqui o roteiro completo do e 3º dia em Bruxelas 🙂

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *