Em Viagem

Os melhores souveniers para trazer das viagens

É certo que os melhores souveniers que podemos trazer das nossas viagens são as fotografias e as memórias. No entanto, todos nós gostamos de trazer uma recordação “física” do país que visitamos. Seja para os familiares, amigos ou até para nós mesmos!
Independentemente do destino, é normal trazermos coisas típicas e que nos fazem lembrar o quão felizes fomos lá!

Mas, muitas das vezes o mais difícil é escolher, certo?! Como tal, este post vai ajudá-lo nessas decisões. Relembro ainda que compare muito os preços e que compre os souveniers em zonas pouco turísticas, pois acaba por gastar (consideravelmente) menos dinheiro. Este é também um dos truques para poupar dinheiro em viagem!

Ímans para o Frigorífico

Sem sombra de dúvida que estes são os souveniers mais trazidos pelos turistas. Há de todas as formas e feitios, grandes ou pequenos, mais ou menos coloridos.
Mas uma coisa todos têm em comum: fazem sempre alusão a algo emblemático do local em questão. E não é tão bom acordar de manhã, abrir o frigorífico para tirar o pacote de leite e nos lembrarmos daquela aventura, ou daquela viagem que tanto nos marcou?!
Pode ainda optar por guardar um espacinho para aquela viagem tão desejada!

Porta-chaves

Hoje em dia temos chaves para tudo e mais alguma coisa, certo?! Carro, garagem, casa, correio, trabalho e por aí fora… Então porque não trazer um porta-chaves dos países que visitamos?!
São um óptima prenda para trazer para os amigos e/ou familiares. Se bem que, confesso, não resisto a trazer um para mim também. Para além que facilitam imenso a nossa vida quando andam perdidas no fundo infinito das malas das mulheres.

Comida/Bebida Típica

Todos os destinos têm uma gastronima característica, imperdível e especial. Então, porque não oferecer uma boa cerveja alemã ou um chocolate suiço?!
Quando fui a Budapeste trouxe paprica para oferecer ao meus pais, por exemplo! É uma forma de também eles provarem algo típico do país. A maior decepção, foi quando cheguei a Portugal e percebi que paprica era exactamente a mesma coisa que colorau. Valeu pela intenção 😛
Tenha especial atenção ao tamanho e capacidade das embalagens. A última coisa que queremos é que o destino final dos nossos souveniers sejam o caixote do lixo do aeroporto. Aconteceu-me quando tentei trazer umas compotas de Garmisch-Partenkirchen. Que decepção!

Objectos decorativos

Não foi desde sempre que fazia questão de trazer uma “miniatura” de um local emblemático que visitara. Mas agora que tenho um móvel lá em casa só com isso faz todo o sentido.
Seja da Torre Eiffel, em Paris, do Parlamento Húngaro, em Budapeste, ou da Fontana di Trevi, em Roma. Sei que aquele é o meu Santuário das Viagens, e é impossível não esboçar um sorriso quando por ali passo!
Só há um senão: estes produtos tendem a ser mais caros. Pelo que avalio bem e comparo (muito) os preços.

Postais

Confesso que não acho tanta piada aos postais. Ainda assim, são baratos e há mesmo quem faça colecção de postais das suas viagens. Se sabe quem faça este tipo de colecções esta é a prenda ideal.

Camisolas/ Outras peças de vestuário

Apesar de estas lembranças não serem de todo as mais económicas, são também das mais compradas. Quem nunca viu alguém com uma camisola do Hard Rock de X levante o braço 😛 Pois, acho que todos nós já vimos! Inclusive, há quem faça colecção também!
Mesmo não sendo do Hard Rock Café, há sempre para venda vestuário alusivo ao país que visitamos, por exemplo: “I love Viena“.

Canecas

Não fossem tão pesadas e eu tivesse um espaço infinito na mala de viagem, seria a maior coleccionadora de canecas dos países que visitei. Começar o dia com boa disposição é meio caminho andado para que tudo corra melhor!

Estas são apenas algumas ideias de souveniers que pode trazer das suas viagens. No entanto, quero relembrar que existem algumas lembranças que por mais bonitas ou cutxi-cutxi que sejam, são proibidas. Falo por exemplo, de trazer areia ou de uma bonita flor que apanhámos numa serra. Se todos fizéssemos isso, já pensou o que seria da pouca natureza que nos resta?! Há limites!

Acabo da mesma maneira como comecei: o melhor souvenier para trazer para casa são as nossas recordações! Ainda assim, trazer uma pequena lembrança não deixa de ser uma tentativa de fazer durar a viagem e trazer um pedaço da mesma connosco. 😉

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *