Portugal

O que fazer em Faro – a bonita capital algarvia

Foi num quente fim-de-semana de Julho que rumámos ao Sul de Portugal e fomos descobrir Faro, a capital algarvia.
Não pensem que Faro é só praia! A cidade tem muito para vos oferecer – tem história, cultura, futebol, paisagens naturais, ria, gastronomia e é rica em fauna e flora.
Não era a primeira vez que nos perdíamos de amores por esta bela cidade, mas, a cada visita, sentimo-nos verdadeiramente em casa. Um fim-de-semana não é, de todo, suficiente para explorar Faro, pelo que recomendamos uma semana (e garantimos que vão querer ficar mais tempo). É mesmo caso para dizer: ‘Um destino, tantas escolhas’ 😍
E vocês, já conhecem a capital algarvia? Venham connosco descobrir o que fazer em Faro!

Jardim Manuel Bivar

Localizado mesmo em frente à marina, o Jardim Manuel de Bivar é o local ideal para relaxar, sentar-se e refrescar-se nos dias de maior calor.

Baixa de Faro

Na Baixa, encontrará diversas lojas de grandes marcas internacionais e outras locais, espalhadas pelas ruas que, em grande parte, são somente para pedestres.

Passeie pela Rua de Santo António, uma das principais artérias pedestres da cidade e repare na sua tradicional calçada portuguesa.

Centro Histórico

Para conhecer a cidade, nada melhor que começar pelo seu centro histórico cercado por antigas muralhas e perder-se pelas suas ruas. Foi seguindo os passos e concentrados nas palavras astutas do Sr. Ernesto Cabrita, da empresa Look-Al, que ficámos a saber mais sobre a história da cidade, que nos passariam despercebidos sem a sua preciosa ajuda.

Começámos então a visita pelo centro histórico no Arco da Vila. Localizado em frente ao Jardim Manuel Bivar, encontramos a principal porta de entrada que dá acesso à parte velha da cidade, conhecida como “Vila Adentro”. Este monumento foi inaugurado em 1812 e é um dos mais representativos exemplares do neoclassicismo no Algarve.

Ali existe um arco em ferradura, que era a entrada nas muralhas para quem chegava por mar.

Daqui parte um emaranhado de ruas que vale a pena percorrer e descobrir os seus cantos e recantos. Chegámos ao Largo da Sé que reúne edifícios históricos importantes, como o Paço Episcopal, o Seminário de São José de Faro e a Câmara Municipal.

A paragem seguinte foi na Igreja Catedral de Faro, também conhecida por Igreja da Sé ou Igreja de Santa Maria. Este templo de origem medieval, construído em 1251, foi alvo de sucessivas reconstruções, apresentando uma grande variedade de estilos: gótico, renascentista e barroco.

Aqui pode visitar-se várias capelas, a sacristia, órgãos, um claustro, um jardim e um Relógio de Sol num dos contrafortes.

No entanto, a parte que mais nos surpreendeu foi a subida à torre sineira, que tem uma vista deslumbrante da Vila Adentro, com pano de fundo o Parque Natural da Ria Formosa.

Faça aqui o seu Seguro de Viagem e obtenha 5% de desconto

É possível visitar a catedral:

  • De Fevereiro a Novembro, de segunda a sexta-feira, das 10h às 18h; sábado, das 9h30 às 13h.
  • Dezembro e Janeiro, de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h30; sábado, das 9h30 às 13h.

A sua visita tem um custo de 3,50€.

Perto da Igreja Catedral de Faro, surge o Largo D. Afonso III, rei português que, em 1249, conquistou Faro aos mouros e, por isso, ali é homenageado com uma estátua. Na mesma praça pode ainda visitar o Museu Municipal. Este monumento, antigo convento da Nossa Senhora da Assunção, acolhe o Museu Municipal de Faro que foi fundado em 1894. Não tivemos a oportunidade de visitar o interior, pelo que já é um excelente motivo para regressar a Faro!

Nesta zona encontramos ainda vários restaurantes típicos, onde é possível degustar de peixe fresquíssimo.

Caminhando mais um pouco, depois de atravessar o Arco do Repouso, visite a Igreja de S. Francisco (século XVII), e observe os azulejos e talha dourada.

Descobrir o centro histórico com o Sr. Ernesto foi sinónimo de recuar vários anos e deliciarmo-nos com as suas histórias, acompanhado com o seu humor tão característico.

Passeio de comboio pela cidade

Foi criado recentemente um inovador transporte para prestar serviço a turistas e residentes. Trata-se de um comboio turístico que é composto por um tractor e três reboques destinados ao transporte de passageiros.
O comboio parte da Praça D. Francisco Gomes, tendo passagem em vários pontos de interesse da cidade – percorre a cidade velha de Faro, entre muralhas, continuando até ao centro da cidade e ao Mercado Municipal.

Durante o circuito, este serviço vai disponibilizar informação turística através de um áudio guia com auscultadores e possibilidade de escolha entre cinco idiomas disponíveis.

É assim uma óptima forma de ficar a conhecer melhor a cidade! Pode consultar todas as informações actualizadas aqui.

Ermida de Santo António do Alto

Não deixe de visitar a Ermida de Santo António do Alto, construída junto a uma atalaia medieval. A melhor parte, para nós, é a espectacular vista sobre a cidade, proporcionada pela subida à torre medieval, o ponto mais alto da cidade.

Dali deslumbramos uma paisagem soberba de 360º. É de deixar qualquer um de queixo caído!

Jardim da Alameda João de Deus

O Jardim da Alameda João de Deus é o maior jardim da cidade. No espaço podemos encontrar algumas árvores centenárias e animais. No jardim existe ainda uma pequena cascata, um lago e pode-se usufruir de vários equipamentos lúdicos, minigolfe, parque infantil, polidesportivo e parque geriátrico.

Passeio de barco pelo Parque Natural da Ria Formosa

Uma das coisas que não pode (mesmo!) deixar de fazer em Faro é um passeio de barco pela Ria Formosa.
A Ria Formosa eleita como uma das 7 Maravilhas Naturais de Portugal, é uma das mais bonitas riquezas naturais do Algarve.

Classificada como Parque Natural desde 1987, encontra-se protegida do mar por cinco ilhas-barreira e duas penínsulas: a Ilha da Barreta ou Deserta, a Ilha da Culatra (onde se encontra o Farol de Santa Maria), a Ilha da Armona, a Ilha de Tavira, a Ilha de Cabanas, a península do Ancão (vulgarmente conhecida como Ilha de Faro) e a Península de Cacela. Cada uma tem as suas peculiaridades, o seu espírito, o seu povo, os seus hábitos, mas todas elas são lindas!

A Ria Formosa é ainda rica em fauna e flora oficialmente classificadas e protegidas, e é um paraíso para os amantes da observação de aves.

A maioria destas ilhas têm praias paradisíacas de areia branca e água cristalina, irresistíveis durante os meses de maior calor.

Fizemos o passeio de barco com a empresa Formosamar, que foram incansáveis a responder a todas as nossas perguntas curiosas e super atenciosos em manter-nos seguros e confortáveis!

Experimente algumas actividades náuticas

Uma outra coisa que não pode mesmo perder é testar os seus dotes para as actividades náuticas.
Nós fizemos (ou tentámos, vá 🤣) surf e stand up paddle. Foi uma experiência maravilhosa, à qual devemos aos instrutores do Clube de Surf de Faro, que foram fantásticos!

A formação e competição nas camadas mais jovens são a principal vertente do seu trabalho. Seja surf, bodyboard, stand up paddle ou canoagem contem com instrutores qualificados, super divertidos e boa onda! Recomendamos imenso!

Relaxar nas praias

Nos meses de maior calor, é nas praias de Faro que as famílias e amigos se encontram. Com areia fina e água cristalina, é o local perfeito para relaxar e se refrescar!

Todas as praias são de fácil acesso, embora algumas sejam apenas acessíveis de barco ou ferry boat, com valores económicos e em diversos horários. Para ter uma noção: pela empresa Passeios Ria Formosa, o ferry boat de Faro até à Praia de Faro custa 3,20€ ida e volta.

Vida nocturna

Faro possui uma vida nocturna bastante movimentada, não só pelo facto de ser a capital da região do Algarve, mas também por ter um núcleo estudantil bastante alargado, tendo em vista a Universidade do Algarve.

Assim sendo, a cidade oferece variadas opções: desde bares e pubs até festas que começam mais tarde e vão até ao amanhecer. Diversão é coisa que não vai faltar!

Onde ficar

O Hotel Faro e o Eva Senses Hotel são as duas grandes referências hoteleiras da cidade. Ambos têm uma excelente localização (na zona da baixa), perto de tudo e com fácil acesso a transportes. São apostas seguras e não desiludem!

Estivemos em ambos e não conseguimos dizer qual o nosso favorito. São tão diferentes, cada um com a sua particularidade! No entanto, não podem, de todo, deixar de apreciar a vista nos seus rooftops, refrescar-se nas suas piscinas e beber um cocktail . É ou não é um excelente plano? 😊

Onde comer

“Quem não é bom para comer, não é bom para viajar” – assim o diziam as nossas avós! E em Faro, meus caros, come-se muito (mesmo muito) bem!

Se7e Pedras

A nossa primeira refeição em Faro não poderia ter começado da melhor forma! Através de uma mistura inteligente de sabores, a comida do restaurante Se7e Pedras fez-nos ir aos céus e voltar!

Deliciámo-nos com croquetes de cozido português, presunto de pato, sardinha marinada, farinheira assada, entre outras iguarias. Ah, e todos os pratos eram acompanhados de vários vinhos, apurando assim o nosso paladar! Quer provar comida tradicional portuguesa, mesmo no coração de Faro? É no Se7e Pedras, ponto final!

Eva Senses Market

Inserido no Eva Senses Hotel, o Eva Senses Market é um espaço moderno e trendy, que recria um mercado gourmet com dois espaços de tapas: a ‘Mercearia’ e o ‘Adão’.

Se a sua bonita decoração nos enche os olhos, a comida não fica nada atrás! O espaço conta com pontos de venda de pão, enchidos, bombons e petiscos regionais de grande qualidade.
Tivemos a oportunidade de refrescar-nos com gaspacho, saborear uma bela lasanha de bacalhau, vegetais no forno, cogumelos salteados, e arroz de tinta de choco! Estava tudo incrível!

Faça aqui o seu Seguro de Viagem e obtenha 5% de desconto

Vila Adentro

Localizado na parte histórica da cidade, o Vila Adentro ocupa o espaço que era uma antiga galeria, distribuída em várias salas forradas a azulejos pintados à mão que retratam diversas épocas do passado. É o local ideal para degustar sabores tradicionais ou então comer um peixe fresquíssimo!

Que a comida é boa, não é nenhum segredo! Mas o Vila Adentro esconde um dos segredos mais bem guardados da cidade! Sabiam que as escadas em ferro ali existentes nos levam a um túnel mouro? É isso mesmo. Que bela surpresa!

Tropical Beach Club Faro

Na Praia de Faro existe um spot que não podem deixar de visitar! Para além de ter um ambiente super bonito, colorido e descontraído, a comida é deliciosa! Falamo-vos portanto do Tropical Beach Club Faro!

Existe lá melhor coisa que almoçar com a praia como pano de fundo?! Ah, e façam um (ou vários) brindes – a sangria é maravilhoooooosa!

Restaurante Ria Formosa

A visita a Faro não ficará completa sem se sentar à mesa do Restaurante Ria Formosa, inserido no Hotel Faro. Costuma-se dizer que “os olhos também comem”, e aqui este conceito é mesmo levado à letra. O restaurante localiza-se no rooftop do Hotel Faro, num ambiente sofisticado e com uma vista incrível!

Foi aqui que provámos a melhor cataplana de marisco de sempre e a sobremesa, essa, era divinal! Estão à procura de aromas e texturas requintadas e deliciosas? Não precisam de procurar mais!

Como vêem a capital algarvia não é só praia, como muitos pensam! Há tanto para ver e fazer em Faro que é mesmo caso para dizer ‘Um destino, tantas escolhas’ 😍
Foi um fim-se-semana incrível, com uma equipa maravilhosa: Onde Andam os Duarte?, Blog 100 Fronteiras, Mia Vilaça e Janine Poupadinhos. Não poderia ter sido melhor!

O Viver o Mundo passou o fim-de-semana em Faro a convite do Município de Faro. O post transmite apenas a opinião pessoal dos autores.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *