Espanha Madrid

Roteiro: 3º Dia em Madrid

Roteiro: o que visitar no 3º dia em Madrid

Já com nostalgia e com pena de termos de ir embora, iniciámos o 3º dia em Madrid visitando o Museu de Arte Reina Sofia. Apanhámos o metro de Tirso de Molina para Atocha pela linha azul (linha 1) logo pela manhã.

O Museu de Arte Reina Sofia foi oficialmente inaugurado a 10 de Setembro de 1992 e o seu nome presta homenagem à Rainha Sofia. O museu possui uma das mais importantes colecções de pintura e escultura espanholas do século XX, reunindo obras de Zuloaga, Solana, Juan Gris, Miró, Tàpies, Dalí e Picasso. Pode consultar aqui os preços e horários da visita. Nós decidimos não entrar pois arte não é a nossa perdição e queríamos ter a certeza que tínhamos tempo de visitar o que era realmente importante para nós, mas honestamente, estou arrependida. Quem visita adora e diz não se arrepender. Gostos não se discutem, pelo que deve planear a sua viagem visitando os locais que não quer mesmo perder!
Evite as filas e compre aqui o bilhete para o Museu de Arte Reina Sofia.

Seguimos o nosso roteiro passando pelo Real Jardim Botânico em direcção ao Museu del Prado. O museu foi construído por Juan de Villanueva e inaugurado em 1819. A sua colecção é baseada principalmente em pinturas dos séculos XVI a XIX, com obras-primas de pintores como Velázquez, El Greco, Rubens, Hieronymus Bosch e Goya. Pode comprar aqui os bilhetes. No entanto, se quer muito fazer a visita mas foi com um orçamento limitado, pode fazê-lo de forma gratuita de segunda a sábado, das 18h às 20h e nas últimas horas de abertura têm desconto de 50% no valor dos bilhetes. A nossa ideia era visitá-lo mais no final do dia de maneira a poupar na entrada, no entanto surgiram uns atrasos e infelizmente não conseguimos.

Espreite aqui o roteiro do 2º dia em Madrid

Contornando o museu, numa das entradas principais, podemos apreciar a Estátua de Velázquez, um grande pintor nascido em Sevilha em 1599.

Circunda mais um pouco o Museu del Prado, podemos apreciar a imponente Igreja de San Jerónimo “El Real”, uma das igrejas mais importantes de Madrid. Era aqui que a corte se reunia e se celebrava os juramentos reais, desde Felipe II, no séc. XVI, até Isabel II, em 1833. Aqui, foram também celebrados alguns dos casamentos reais.

A próxima paragem do roteiro era a famosa Fuente de Neptuno. Nesta podemos ver uma enorme escultura de Neptuno, Deus dos mares, erguendo um tridente enquanto cavalga sobre um carro puxado por dois cavalos com rabo de peixe.

Veja aqui como ir do aeroporto de Madrid para o centro

Visto que falhámos a entrada em dois museus importantes, da qual nos arrependemos um pouco, decidimos visitar o Museo Thyssen-Bornemisza. Uma vez que era segunda-feira, a entrada é gratuita entre as 12h e as 16h . No entanto, pode consultar aqui os preços e horários dos restante dias. O museu contém desde pinturas góticas do século XIII até obras emblemáticas da pop art. Não sendo propriamente amante de arte, gostei da visita.

Sempre que viajo na Europa, tento sempre ir ao Hard Rock da cidade que visito. É um local que adoro, principalmente para apreciar as paredes que são um verdadeiro museu de Rock’n’Roll. Desta vez não foi excepção!



Booking.com

Não poderíamos sair de Madrid sem visitar o Estádio Santiago Bernabéu, propriedade do Real Madrid. Situa-se um pouco longe da cidade, pelo que fomos de metro. Seguimos de Alonso Martinez pela linha 10 (linha azul escura) até Santiago Bernabéu.

Faça aqui o seu Seguro de Viagem e obtenha 5% de desconto

O Real Madrid é uma das três equipas de futebol profissional da cidade de Madrid e é o clube do nosso lendário Cristiano Ronaldo. Gostando ou não de futebol é um dos locais onde se vêem mais turistas! É possível fazer uma visita ao interior do estádio por 25€, mas para nós teve de ficar para outra altura.

Para finalizar a nossa viagem fomos dar uma espreitadela ao Mercado de San Antón. O mercado possui três pisos: no primeiro vende-se produtos embalados, hambúrgueres, ou frutas e legumes variados; no segundo piso é a parte da restauração onde pode degustar ou levar para casa vários tipos de comida; no terceiro piso encontra-se o restaurante La Cocina de San Antón onde se podem comer os produtos adquiridos antes nas bancas do primeiro piso, mas cozinhados ali mesmo.

Chegara assim a hora de voltar a Portugal e dar por terminado este 3º dia em Madrid.

Madrid é uma cidade super acolhedora e simpática e tem umas tapas maravilhosas 😛 Recomendo a visita!

Resumo do Dia:

  • Museu de Arte Reina Sofia
  • Museu del Prado
  • Estátua de Velázquez
  • Igreja de San Jerónimo “El Real”
  • Fuente de Neptuno
  • Museo Thyssen-Bornemisza
  • Hard Rock Madrid
  • Estádio Santiago Bernabéu
  • Mercado de San Antón

 

Espreite aqui o roteiro do 2º dia em Madrid 😉

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *