Tailândia

Roteiro: 2º dia em Bangkok

O 2º dia em Bangkok começou muito cedo! Já tínhamos decidido ainda em Portugal que gostaríamos muito de fazer um tour a dois mercados: ao Mercado Flutuante de Damnoen Saduak e ao Mercado do Comboio de Maeklong. E assim foi!

Reservámos tudo antes de ir, pois gostamos de ir com as coisas programadas e assim não andamos a perder tempo. No entanto, saiba que pode perfeitamente comprar as excursões em Bangkok, visto que há várias agências espalhadas pela cidade, podendo assim negociar o preço.

Veja aqui como planear uma viagem à Tailândia por conta própria

O tour durou apenas a parte da manhã e correspondeu exactamente às nossas expectativas. Nós adorámos! São dois mercados com características muito peculiares e que nos aproximou ao dia-a-dia da população local. Fizemos um post onde falamos de toda a nossa experiência nestes dois mercados – veja aqui! Pode também ver todas as nossas fotos e vídeos no nosso instagram 🙂

O autocarro deixou-nos perto da Khaosan Road, pelo que almoçámos ali perto. O 2º dia em Bangkok já ia a meio e queríamos aproveitá-lo ao máximo!

Já tínhamos reservado outro hotel, o OYO 140 The Krungkasem Srikrung Hotel, para conhecer melhor outra parte da cidade, pelo que nos dirigimos até lá de barco.

A primeira visita da tarde foi ao Wat Traimit, um templo Budista com o maior Buda de ouro do Mundo. Apesar do templo não ser muito grande, a estátua do Buda é espectacular.

O Wat Traimit está aberto das 9h às 17h e a entrada é gratuita.

A nossa ideia original seria visitar de seguida o Wat Mangkol Kamalawat, que é o maior e mais importante templo Budista Chinês. No entanto, já passavam das 17h e o templo já estava encerrado. Tivemos muita pena.

Confira aqui todas as dicas para viajar para a Tailândia

Dali seguimos então até à Chinatown Gate, que é a entrada para a Chinatown de Bangkok. O sol estava a pôr-se e ficou ainda mais bonito!

Perdemo-nos (literalmente) pelas ruas de Chinatown. O bairro de Chinatown foi criado pela população chinesa imigrante quando Bangkok passou a ser a capital da Tailândia. Aqui a palavra predominante é caos. Há sempre imensa gente, o trânsito é caótico, com muitos tuk-tuks, e existem várias barraquinhas, lojas, bares e comida de rua (boa e barata). À noite, os letreiros enormes acendem as luzes, tornando a zona ainda mais vibrante.

Como já estávamos a ficar com alguma fome, seguimos até Yaowarat. Esta é a rua principal de Chinatown e é um verdadeiro mundo de comida. A rua transforma-se num dos maiores locais de street food da cidade e a verdade é que a comida é muito saborosa e barata!

Quando tínhamos planeado a viagem, em casa, tínhamos decido que iríamos a um rooftop para a ver a cidade de outra perspectiva. O local escolhido foi o Sky Bar at Sirocco, que foi o cenário do filme “A Ressaca”. Apesar de ser mais caro foi-nos bastante recomendado. É possível jantar lá ou simplesmente ir até ao bar (a nossa ideia era só ir ao bar tirar umas fotografias).

Veja aqui como ir do aeroporto de Bangkok para o centro

Já sabíamos que eles são bastante rigorosos com o vestuário e que só aceitam entrada de pessoas com roupas mais formais. E nós até tivemos isso em consideração na hora de fazer a mala. Acontece que as nossas malas foram extraviadas (ficámos sem elas durante cinco dias) e não tínhamos o dresscode apropriado para entrar. Ficámos muito tristes porque era uma coisa que queríamos muito fazer, mas não iríamos comprar roupa de propósito para isso.

Nota: Faça um bom seguro de viagem! Nós fizemos o seguro IATI Mochileiro, com a Iati Seguros e só podemos dizer bem! Enviámos todos os recibos das compras de roupa e de bens de primeira necessidade e quinze dias depois de chegarmos a Portugal, já tínhamos o dinheiro que gastámos na nossa conta bancária!

Faça aqui o seu Seguro de Viagem e obtenha 5% de desconto

O 2º dia em Bangkok acabou então pela Chinatown e regressámos ao hotel de tuk tuk. Confesso que a distância até era curta, mas queríamos experimentar a loucura que é andar de tuk tuk 😂.

Roteiro do 2º dia em Bangkok:

Espreite aqui o 1º dia em Bangkok

A nossa estadia por Bangkok terminava no dia seguinte, a meio da tarde. Já tínhamos coisas planeadas para visitar durante esse dia, mas trocaram-nos (mais uma vez) as voltas. As nossas malas tinham chegado (finalmente) a Bangkok e teríamos de ir buscá-las ao aeroporto logo pela manhã. Uma vez que tínhamos voo à tarde, optámos por ficar logo no aeroporto, perdendo assim mais um dia de visita na cidade. No entanto, deixo aqui o roteiro do que seria o nosso 3º dia em Bangkok:

  • Wat Benchamabophit – Templo de mármore
  • The Golden Mount – Wat Saket
  • Wat Ratchanatdaram – templo com várias pequenas torres douradas
  • Khaosan Road
Faça aqui o seu Seguro de Viagem e obtenha 5% de desconto

É muito frustrante quando já temos as coisas planeadas e queremos muito visitar determinados locais e não conseguimos. Desta vez foi por um motivo que estava completamente fora do nosso alcance e nada conseguimos fazer. Ficámos muito chateados e tristes? Sem dúvida. Mas sem sombra de dúvida que isso também nos fez crescer, sair da nossa zona de conforto e, em bom português, desenrascarmo-nos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *