França

Roteiro: 1º Dia em Paris

Roteiro : o que visitar no 1º dia em Paris

Chegámos a Paris já perto da hora do almoço. Tínhamos o resto do dia para ir à descoberta! Este seria o nosso 1º dia em Paris e tínhamos de o aproveitar ao máximo. Da estação de Porte Maillot dirigimo-nos de imediato para a casa que alugámos pelo Airbnb, a pé. Tinha a morada da casa e o trajecto já definido, pelo que foi fácil encontrá-la.


Booking.com

À nossa espera estava um amigo do anfitrião para nos facultar as chaves e falar de alguns pormenores da casa. Era muito simpático, apesar do pouco inglês que falava, mas lá nos entendemos.

Fomos ao supermercado mais próximo comprar algo para comer e partimos à descoberta de Paris!

O apartamento era bastante perto do Arco do Triunfo, pelo que iniciámos a viagem por aí.

Atravessámos a Avenue de la Grande-Armée, uma das avenidas principais que vai dar directamente ao Arco do Triunfo. Um passeio bem agradável.

No final da avenida, ali estava o Arco do Triunfo, localizado na Praça Charles de Gaulle. Foi construído em comemoração às vitórias militares de Napoleão Bonaparte, que ordenou a sua construção em 1806, e onde estão gravados, os nomes de 128 batalhas e 558 generais.

Este belo monumento localiza-se numa rotunda (que é uma verdadeira confusão), pelo que o acesso para a visita é feito então por via subterrânea.

Optámos por não subir ao Arco do Triunfo, mas pode fazê-lo por 12€. Pode ver os horários e os preços aqui. Se não tiver muito tempo, e quiser evitar as filas, pode comprar aqui o seu bilhete.

Espreite aqui o 2º dia e o 3º dia em Paris

Daí fomos a pé para o Jardim do Trocadero pela Avenue Kléber. É dos melhores locais para ver a Torre Eiffel na íntegra. Decidimos sentar-nos um pouco na escadaria a assistir a um espectáculo de rua. Nestes locais turísticos há muita animação de rua, e de qualidade! Estava lá imensa gente, que tal como nós, ficaram a assistir ao espectáculo de dança de cerca de 8 rapazes, com muita diversão à mistura.

Como já estava a ficar tarde, dirigimo-nos então à majestosa e soberba. Aquela, a que todos falam, a que todos conhecem.

Atravessámos a Pont d’léna, sobre o Rio Sena,  e aí estava a grande Torre Eiffel.

A majestosa Torre Eiffel

Já tínhamos decidido de antemão que não iríamos subir até ao topo da dama de ferro. Tenho muitas vertigens, e o desfecho não iria ser bom, por certo. Fomos então para a fila gigante (que já esperávamos) para comprar o bilhete para subir. Para evitar as filas enormes, pode comprar o seu bilhete com antecedência. Nesta zona há muita segurança. Exército com metralhadoras é o que mais vai ver, não se assuste!

Nós pagámos 5€ cada para subir de escada. Mas há outras opções. Pode ir de escada ou elevador, e os preços também variam de acordo com a idade. São muitos os degraus a subir, mas a vista lá de cima compensa, e muito!

Seja de que ângulo for, a Torre Eiffel irá sempre surpreender. Cada detalhe, cada pormenor, deve ser bem analisado. É uma estrutura enorme com uma complexidade colossal.

Como já estava a anoitecer, tivemos oportunidade de apreciar uma deslumbrante paisagem coberta de luzes. Uma vista incrível de 360º sobre Paris!

Após 1550 fotos tiradas ( 🤣 ) já com a Torre Eiffel iluminada, assistimos a um verdadeiro espectáculo de luzes. Algo imperdível!

Completamente de rastos, regressámos a casa (também a pé).

Este 1º dia em Paris fora muito cansativo, e era melhor descansar para o dia que se avizinhava.

Resumo do dia:

  • Arco do Triunfo
  • Jardim do Trocadero
  • Torre Eiffel
Espreite aqui o 2º dia e o 3º dia em Paris 😉

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *