Inglaterra

Roteiro: 1º dia em Londres

Roteiro: o que visitar no 1º dia em Londres

Fiz esta viagem em Agosto de 2013 (como o tempo passa!). Fui com uma amiga visitar a sua irmã que vivia em Bishop’s Stortford e aproveitar para passear, claro! Desse tempinho consegui ir dois dias a Londres. Foram poucos dias, mas deu para visitar os pontos que considero mais importantes. Deu também para provar o pequeno-almoço britânico 😛

O primeiro impacto que tive foi um tanto ou quanto estranho. Quando saí do Aeroporto de Stansted, apanhei o autocarro até à casa da minha amiga. Para começar a porta do autocarro estava no lado oposto e o motorista estava sentado no lugar do passageiro. Já para não falar das rotundas feitas “ao contrário” e de circularem na faixa da esquerda. Que diferença cultural!

Procura alojamento em Londres?



Booking.com

1º Dia em Londres
Marble Arch

Marble Arch é um monumento de mármore com três arcos. Fora desenhado por John Nash, que se inspirou no Arco di Constantino em Roma, e planeado para servir de passagem para o Palácio de Buckingham. Situou-se em frente ao Palácio até 1855, data em que foi transferido para a actual morada (perto do Hyde Park).

Hyde Park

Seguimos caminho até ao Hyde Park. O Hyde Park é quase uma entidade em Londres. Um parque enorme, bem no centro da cidade, em que o verde é a cor predominante. No centro, encontramos o Lago Serpentine habitado por uma variada fauna aquática e onde se pode andar de barco a remos.

É também utilizado para fazer piqueniques, concertos ao ar livre e prática de desporto. É um óptimo local para relaxar, principalmente no Verão. É muito comum ver pessoas deitadas na relva em tronco nu ou de bikini quando aparecem os raios de sol. Mesmo quando a temperatura para o turista não seja assim tão convidativa 😛

Faça aqui o seu Seguro de Viagem e obtenha 5% de desconto

Hard Rock London

Após este passeio pelo pulmão verde da cidade, fomos em direcção ao Hard Rock. Como ainda era cedo e infelizmente estava fechado, não conseguimos entrar. Um desgosto, mas fiquei com a foto da parte exterior 🙁

Wellington Arch

Bem pertinho do Hard Rock localiza-se o Wellington Arch. Também conhecido como o Arco da Constituição, foi projectado em 1825 por Jorge IV para comemorar as vitórias britânicas nas Guerras Napoleônicas.

A ideia inicial era decorar o arco com relevos e esculturas, mas devido à falta de fundos, ficou sem adornos. Em 1846 foi colocada no arco uma estátua equestre do Duque de Wellington, mas devido às suas grandes proporções foi fortemente criticado. Mais tarde, foi substituída por uma nova escultura: o anjo da paz que desce no carro de guerra, puxado por quatro cavalos e liderado por um menino pequeno.

Buckingham Palace

O lindo e majestoso Palácio de Buckingham é a residência oficial da Família Real Britânica em Londres desde 1837. Actualmente, é a residência oficial da rainha Elizabeth II.

Foi construído em 1703 para o duque de Buckingham, e em 1762 fora adquirido pelo rei George III para ser utilizado como residência privada. Desde a sua construção, foi ampliado e remodelado em várias ocasiões, nomeadamente nos bombardeamentos da Segunda Guerra Mundial.

Situado em frente ao Palácio podemos ver o Victoria Memorial (Memorial da Rainha Victoria) que é uma grande escultura dedicada à Rainha. Nas laterais destacam-se as estátuas de bronze do Anjo da Justiça, do Anjo da Verdade e a Caridade.

Este é um local que reúne milhares de turistas e é possível a visita a alguns locais do Palácio em certos meses do ano.

Além destas visitas, a Troca da Guarda do palácio de Buckingham é um dos programas que atrai mais visitantes. Os guardas responsáveis pela segurança do Palácio são substituídos envolvendo manobras militares, marchas clássicas e músicas populares. Tive oportunidade de assistir e pensei “Meu Deus, que passos tão coordenados!

A Troca da Guarda acontece diariamente às 11:30 de Maio a Julho. No resto do ano acontece a cada dois dias, excepto nos dias de chuva, que é cancelado. Uma vez que é uma das principais atracções da cidade recomendo que chegue com alguma antecedência pois são muitos os turistas que tentam ficar na fila da frente para não perder pitada do desfile, que dura cerca de 45 minutos.

St. James’s Park

Depois de disputar com vários turistas o melhor local para ver a Troca de Guardas ( 😛 ), seguimos em direcção ao St. James’s Park e fizemos um piquenique.

O St James’s Park é o parque real mais antigo da cidade. Possui um lago artificial repleto de aves que está rodeado por flores e arbustos. É o local perfeito para relaxar e usufruir da paisagem.

Os pelicanos que ali habitam acabam por ser também uma atracção, visto serem bastante sociáveis. Se um esquilo pular para o seu colo não se admire. São muito frequentes neste parque e buscam apenas comida. Não tenha medo. Eles são super queridos e dóceis.

Westminster Abbey

Com as energias renovadas e depois deste momento ternurento com o esquilo (adoro animais), continuámos o nosso passeio até à Westminster Abbey (Abadia de Westminster).

É uma das igrejas anglicanas mais importantes do Reino Unido que conta com quase mil anos de história ligada à Realeza. Aqui foram sepultados Reis, Rainhas e personalidades ligadas à religião e à ciência, como Isaac Newton e Charles Darwin. Também aqui foi realizado o casamento do Príncipe William com Kate Middleton.

É de facto uma igreja imponente, mas como o tempo que tinha em Londres era escasso não visitei o seu interior. Dizem que é uma visita muito interessante, apesar de cara (20 libras). Pode comprar os bilhetes aqui.

Big Ben

Seria agora a vez de visitar o relógio mais famoso e o cartão postal da cidade: o Big Ben!

Quando falamos em Big Ben pensamos na Torre do Relógio do Parlamento de Londres. ERRADO. O Big Ben é o nome do sino do relógio que ocupa o topo da chamada Elizabeth Tower, parte do Palácio de Westminster. Abreviando: o nome oficial do sino é Great Bell, o do relógio é Great Clock e a torre onde ele se situa é Elizabeth Tower.

O relógio começou a funcionar em Julho de 1859 e é um dos relógios mais confiáveis que existem, uma vez que é capaz de suportar as mais variadas condições meteorológicas como a neve e o vento.

Curiosidade: Em diferentes momentos da história, os ponteiros do relógio falharam ao apresentar a hora correcta. No ano novo de 1962, por exemplo, uma intensa queda de neve atrasou o Big Ben em cerca de 10 minutos mesmo na mudança de ano.


Não só pode tirar (muitas) fotografias do exterior, como é possível visitar o interior do Palácio de Westminster. No entanto, a visita só pode ser feita aos sábados e durante os meses de Verão.

London Eye

Bem pertinho do Big Ben podemos encontrar uma outra atracção da cidade: o London Eye! Esta Roda Gigante situa-se na margem do Rio Tamisa e com mais de 130 metros de altura é considerada a maior roda gigante da Europa.

O London Eye é composto por 32 cápsulas, que representam os 32 distritos de Londres. Têm capacidade para 25 pessoas cada e fazem uma volta completa durante cerca de 30 minutos. Apesar da vista estonteante que acredito que se tenha lá do cimo, não subi à roda devido às minhas vertigens. Ainda tinha muito para ver de Londres antes que me desse o fanico 😛

Se o medo de alturas não for tão significante como para mim, pode subir à Roda Gigante diariamente, das 10h às 20h30, dependendo da altura do ano (que pode encerrar mais cedo). Os preços variam de 20 libras a 500 libras. Se quiser evitar perder muito tempo nas filas, pode comprar aqui o bilhete!

Trafalgar Square

Atravessámos o Rio Tamisa em direcção à Trafalgar Square. A Trafalgar Square (Praça de Trafalgar) é uma das praças mais importantes e animadas do centro de Londres. É palco de grandes eventos, concertos e celebrações.

Foi criada para comemorar a vitória da armada britânica na Batalha de TrafalgarEspalhadas pela praça estão diversos monumentos, nos quais se destacam a Coluna de Nelson e a National Gallery. A majestosa Coluna de Nelson foi construída em homenagem ao Almirante Nelson que estava no comando da armada britânica na Batalha de Trafalgar.

A imponente National Gallery é um dos principais museus de arte do Mundo que alberga uma grande colecção de pintura. E a entrada é grátis!

M&M’s World

Amante de chocolate como sou, não poderia deixar de visitar a loja de M&M’s 😛 Com quatro andares repletos de produtos desta marca, é considerada a maior loja de doces do Mundo.

Estas figuras emblemáticas estão por todo o lado e em todas as cores. Podemos ver desde mochilas, carteiras, camisolas, bonés, brinquedos, entre outros, com os desenhos representativos da marca.

Para além de comprar brinquedos e passear pela M&M’s World, pode também comprar doces, é claro! Eu achei tudo um pouco caro e tive de me controlar para não comprar (e comer) a loja toda! É tão colorida que é realmente um encanto.

Piccadilly Circus

Este é um dos locais mais fotografados de Londres. Piccadilly Circus localiza-se no cruzamento das ruas Regent Street, Shaftesbure Avenue, Piccadilly Street e Haymarket Street.

É uma praça bastante famosa devido à presença de painéis publicitários gigantes e da estátua de Eros, um anjo construído totalmente de alumínio. Nos arredores, encontram-se algumas das maiores lojas de marca do Mundo, cinemas, teatros e restaurantes.

É um local super movimentado e bastante concorrido da cidade.

Chegou assim ao fim o nosso primeiro dia de visita em Londres. Um dia bastante cansativo e com uma caminhada bem longa na pernas, mas com um sorriso inscritível no rosto por visitar esta cidade maravilhosa.

P.S.- Tenha especial atenção ao atravessar a rua. Não olhe para o lado errado, ainda pode ser atropelado!

Resumo do Dia:

  • Marble Arch
  • Hyde Park
  • Hard Rock London
  • Wellington Arch
  • Buckingham Palace
  • St. James’s Park
  • Westminster Abbey
  • Big Ben
  • London Eye
  • Trafalgar Square
  • M&M’s World
  • Piccadilly Circus

Espreite aqui o 2º dia em Londres 😉

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *