Toulouse e Carcassonne

2º dia em Toulouse – Roteiro

O 2º dia em Toulouse começou bem cedinho. Queríamos aproveitar da melhor forma a manhã, pois à tarde rumávamos a Carcassonne. Assim sendo, aproveitámos para passear um pouco mais pela cidade rosa. Vamos contar-vos o que fizemos na manhã de sábado!

Faça aqui o seu Seguro de Viagem e obtenha 5% de desconto
2º dia em Toulouse

Começámos o dia por visitar a Cathedrale Saint-Etienne. O edifício actual foi construído principalmente no século XIII, sendo que reúne dois estilos góticos. O gótico do sul, que é maciço e poderoso, e o gótico do norte, que é elegante e luminoso.

Devido à sua arquitectura que se estende ao longo de vários séculos combinando estilos e o seu ar ligeiramente torto, esta catedral merece uma visita pelos seus órgãos que parecem estar suspensos no ar. Repare também nos seus vitrais – que são lindos!

Conhecer os jardins das cidades que visitamos é uma das coisas que mais gostamos de fazer. Para além de sairmos da azáfama da cidade, é uma óptima forma de nos aproximarmos do dia-a-dia dos residentes. Assim sendo, fizemos uma caminhada até ao Jardim du Grand Rond. Como o seu nome indica, este localiza-se numa enorme rotunda.

Este jardim tem várias obras de arte espalhadas entre a vegetação e está super bem cuidado. Não deixe de apreciar as diversas espécies de árvores, o seu bonito coreto e a fonte.

Veja aqui como ir do Aeroporto de Toulouse para o centro

Mesmo ao lado, não deixe de visitar o Jardin Royal. Este foi o primeiro jardim público de Toulouse, criado por Louis de Mondran, em 1754.

Neste jardim poderá encontrar um lago com patos e uma magnífica ponte com bancos de ferro forjado, que engenhosamente funcionam como uma grade.

Este pequeno jardim também tem estátuas, incluindo uma homenagem a Antoine de Saint-Exupéry e o seu Pequeno Príncipe ou Deodat de Séverac.

Para terminar a nossa manhã, fomos até ao Jardin des Plantes. Estes três jardins são muito próximos e estão ligados entre eles.

O Jardin des Plantes foi encomendado pelo naturalista Philippe Picot de Lapeyrouse e criado em 1794. O principal objectivo do mesmo era permitir que os estudantes de medicina utilizassem as plantas medicinais. Como tal, o jardim tem cerca de cem espécies botânicas diferentes.

O local possui sete hectares e é atravessado por um riacho. Conseguimos passear por lá e observar patos, cisnes e gansos. No final, um esquilo ainda apareceu para dar o ar da sua graça, em jeito de despedida. Tão amoroso!

Onde ficar alojado em Toulouse

Terminara assim o nosso 2º dia em Toulouse, uma vez que à tarde rumávamos a uma cidade vizinha (Carcassonne).
Pessoalmente, e agora em retrospectiva, provavelmente teríamos reservado mais um dia para Toulouse. Gostaríamos de ter visitado a Cité de l’espace e o Museu Aeroscopia e Fábrica da Airbus, que se encontram mais afastados do centro da cidade. No entanto, por falta de tempo não conseguimos. Temos então um bom motivo para regressar, até porque gostámos imenso de conhecer a cidade rosa. 🙂

Caso tenha mais tempo em Toulouse, sugerimos visitar também o Museu da História Natural, Musée des Augustins, Cité de l’espace, Halle de la Machine e Museu Aeroscopia e Fábrica da Airbus.

Roteiro do 2º dia em Toulouse
  • Cathedrale Saint-Etienne
  • Jardim du Grand Rond
  • Jardin Royal
  • Jardin des Plantes
Espreite aqui o roteiro do 1º dia em Toulouse

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *